terça-feira, 23 de julho de 2013

Valores de Neymar são divergentes entre quem vendeu e quem comprou via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Neymar: Valores diferentes, impostos e divisões idem
O Santos confirmou ter enviado na última semana uma carta ao Barcelona, da Espanha, exigindo esclarecimentos pela divulgação do valor de 57 milhões de euros (cerca de R$ 159,1 milhões) refente a negociação de Neymar.

A informação da assessoria do clube alvinegro é de que a resposta é aguardada já nos próximos dias, mas que nada atrapalha os demais acordos selados entre ambos, o primeiro deles o amistoso no próximo dia 2, no Estádio Camp Nou, pelo Troféu Joan Gramper.

Na apresentação do ex-santista, o vice-presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, divulgou o montante gasto para a operação com diferença exorbitante com relação aos números revelados oficialmente pelo Santos: 17,1 milhões de euros (cerca de R$ 49,8 milhões).

Pouco depois, o Barcelona ainda publicou no site oficial a existência de um pré-acordo com o jogador, com a anuência santista, desde pouco antes da disputa do Mundial de Clubes, em 2011, no Japão. A diferença de valores gerou uma notificação do Grupo DIS, então detentor de 40% dos direitos econômicos do atacante.

ntes, em meio as conversas, a DIS chegou a acusar o Santos de tentar mascarar o real valor das negociações, cobrando, inclusive, a composição da venda com acordos paralelos.

O elenco viaja na próxima segunda para a Espanha, onde fará o amistoso. Ainda não há confirmação se o presidente Luis Álvaro Ribeiro, que foi internado mais uma vez na última semana, também viajará.

Apesar de negar ter recebido mais do que os 17,1 milhões de euros, o Terra revelou que o clube alvinegro está próximo de receber 8 milhões de euros (cerca de R$ 23,5 milhões) pelo acordo que garante ao Barcelona a preferência de compra de três atletas das categorias de base - entre eles o atacante Gabriel Barbosa, visto como o possível sucessor de Neymar.

Além disso, pelo amistoso o Santos já confirmou que terá custeado pelo Barcelona todos os gastos na Espanha e que se até agosto do próximo ano não houver a realização de um novo encontro, desta vez no País, o clube terá que ser ressarcido em 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 13,2 milhões).
Leia mais:Santos cobra esclarecimentos do Barça | Esportes - Correio do Estado

Pesquisar este blog

Arquivo do blog

Reinaldo Da Silva Cruz

Criar seu atalho